A tempestade tropical severa Guambe já não cria perigo e afastou-se do canal moçambicano, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (INAM), Moçambique já não está em perigo do Guambe.

O INAM garantiu, na manhã de hoje, que o ciclone tropical “Guambe já diminuiu de intensidade e é agora uma tempestade tropical severa, encontrando-se, actualmente, fora do canal de Moçambique.

De acordo com Lelo Tayob, meteorologista do INAM, a tempestade Guambe já não constitui perigo porque “segundo o centro que monitora os ciclones tropicais para a nossa região já havia projecções que de ontem para hoje o ciclone tropical “Guambe” podia evoluir para ciclone tropical intenso, mas felizmente isto não aconteceu, ele perdeu intensidade e agora é tempestade tropical severa”, disse o meteorologista.

Sobre a ocorrência de um outro sistema, dentro de dias, tal como circula em redes sociais, o INAM não confirma, mas alerta que a época chuvosa ainda não terminou. No entanto, adverte que se deve aguardar por comunicados oficiais.

“Ainda estamos dentro da época chuvosa, temos que esperar, o mar está lá, tem as suas manifestações”, acrescentando que quando se trata de “assuntos de redes sociais temos que ter um pouco de receio para ir confirmar coisas que não são oficiais, então só podemos esperar”, advertiu Lelo Tayob.

Entretanto, as regiões centro e norte registam de hoje até amanhã chuvas moderadas a fortes, sobretudo as províncias do Niassa, Tete, Manica e Gaza.

Recorde-se que o sistema denominado “Guambe” evoluiu ao longo da costa da província de Inhambane, na semana passada.

 

Achou este artigo interessante? Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram para ler mais conteúdo exclusivo que postamos.