A população das proximidades da costa de Bazaruto em Inhambane começaram a enterrar dezenas de golfinhos do grupo de 25 que encalhou na terça-feira na ilha de Bazaruto, que morreram na praia depois de vários fenómenos climáticos que têm assolado a província de Inhambane, nos últimos tempos.

O cenário foi descrito pela Administração Nacional das Áreas de Conservação (ANAC) que explicou que dos 32 golfinhos da espécie Stenella longirostris que chegaram à costa, 25 perderam a vida no local e sete foram socorridos pelo Parque Nacional de Bazaruto e levados de volta ao mar. Dos 25 animais mortos 11 são machos adultos e 14 são fêmeas, sendo 12 adultas, uma (1) juvenil e uma (1) cria.

Acrescentou que este será o caso do género mais grave em bazaruto desde 2006, quando então um grupo de mais de 41 golfinhos da mesma espécie – que, no estado adulto, oscilam entre os dois a três metros de cumprimento – encalhou na praia de bazaruto.

Achou este artigo interessante? Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram para ler mais conteúdo exclusivo que postamos.