Homens desconhecidos atacaram um comboio de mercadoria, que circulava no sentido Moatize-Beira na manhã de ontem (quinta-feira, 04 de fevereiro), na Linha de Sena entre as regiões de Kundue e Mazamba, há cerca de 120 quilómetros da cidade da Beira, em Sofala.

O director ferroviário da Empresa CFM, no Centro do país, Boaventura Mahave, afirmou que "o ataque registou-se por volta das 6.10 horas, tendo o maquinista contraído ferimentos ligeiros no ombro."

Mahave revelou também que já foram localizados os quatros operários da empresa, que desde segunda-feira eram dados como desaparecidos na Linha de Sena, depois da avaria do meio de transporte em que circulavam, denominado “drisina”.

Achou este artigo interessante? Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram para ler mais conteúdo exclusivo que postamos.