Assine a Newsletter
Nacional
O preço de pão poderá agravar-se em Nampula

O preço de pão poderá agravar-se em Nampula

março 23, 2021 Afonso Muchanga
A partir de 1 de Abril o pão poderá estar dois meticais mais caro em Nampula. Os panificadores dizem que não têm outra solução porque os custos de produção dispararam nos últimos dois anos. O pão que não deve faltar na refeição de cada dia poderá estar mais caro a partir de 1 de Abril na província de Nampula. Os panificadores dizem-se sufocados porque os custos de produção subiram nos últimos anos, com particular destaque para a farinha de trigo. “Em 2019, o último preço da farinha [de trigo] foi 1480. Agora, em 2021, estamos com mais 400 meticais de subida por cada saco. Significa que estamos com 1880 e com perspectiva de em Maio mais uma vez subir mais 200 a 250 meticais”, disse Abdul Anani, representante da Associação Moçambicana de Panificadores em Nampula. Anani disse ainda que a subida poderá ser a partir de um de Abril “cientes de que em Maio a farinha vai subir, então o nosso exercício é para ver se a subida que vamos fazer agora é para não tornarmos a subir. Mas os cálculos qu
Aulas retomam com milhares de alunos sem salas em Sofala

Aulas retomam com milhares de alunos sem salas em Sofala

março 20, 2021 Afonso Muchanga
Num total de (69) novas escolas do ensino primário e secundário vão entrar em funcionamento, este ano lectivo, em cinco distritos assolados pelo ciclone IDAI em Sofala. Entretanto, a província tem um défice de salas de aula e precisa de mais de sete mil tendas para garantir que os alunos não percam aulas. A cidade da Beira e os distritos de Nhamatanda, Buzi, Cheringoma e Muanza foram arrasados pelo ciclone IDAI há dois anos. Devido a essa intempérie, milhares de salas de aula e escolas foram, parcial ou totalmente, reduzidas a escombros. Segundo o governador de Sofala, Lourenço Bulha, o espetro da destruição prevalece, uma vez que várias infra-estruturas escolares continuam por reconstruir. Até aqui, ainda há escassez de material de higienização e sanitário para todas as escolas no contexto da COVID-19. Em Março de 2019, o ciclone IDAI destruiu 2.713 salas de aula em Sofala e, consequentemente, 237.186 alunos ficaram afectados. Volvido mais de um ano, a natureza voltou a testar a capac
Perseguição aos Albinos ainda continua em Moçambique

Perseguição aos Albinos ainda continua em Moçambique

março 18, 2021 Afonso Muchanga
Segundo jornal Opaís a perseguição mortal e descriminação ao albinismo, ainda esta em Acão no território moçambicano. Os traficantes de pessoas com albinismo ainda estão assolar as províncias de moçambique. De 2014 a esta parte, pelo menos 114 pessoas com albinismo desapareceram, em Moçambique, em circunstâncias ainda não esclarecidas. A informação foi avançada pela Comissão Nacional dos Direitos Humanos, que explicou que há 55 processos-crime em trâmite na Justiça. Apesar de haver melhorias no país, quanto à protecção da pessoa com albinismo, ainda persistem desafios. Dados do Instituto Nacional de Estatística, citados pela Comissão Nacional dos Direitos Humanos, apontam que existem 20 mil indivíduos com albinismo, em Moçambique. Albinismo em Moçambique Albinismo As pessoas com albinismo são estigmatizadas, discriminadas, abandonadas, submetidas a maus-tratos e, na pior das hipóteses, assassinadas para fins obscuros. Sheila Massuque, em representação do Presidente da Comissão Naciona
Milícia local mata oito insurgentes em Nangade

Milícia local mata oito insurgentes em Nangade

março 12, 2021 Afonso Muchanga
Oito insurgentes foram mortos na quarta-feira no distrito de Nangade por milicianos locais que têm ajudado as forças do governo na luta contra a insurgência em Cabo Delgado, várias fontes na cidade de Nangade disseram ao Informa Moz . Os rebeldes faziam parte de um grupo armado que há poucos dias capturou um casal, matando o homem, enquanto a mulher foi libertada e avisou aos locais que o grupo atacaria as aldeias de Ntamba e Liché a qualquer momento. Em resposta ao aviso, milicianos de ambas as aldeias, com outros das aldeias de Ngalonga e Nambedo e da cidade de Nangade, lançaram uma perseguição aos insurgentes, acabando por capturá-los e matá-los. Cinco armas de fogo também foram recuperadas pela milícia e vários facões. Outras fontes na cidade de Nangade disseram que pode ter sido o mesmo grupo que atacou um posto alfandegário na área de Nonje do distrito de Nangade no domingo, onde cerca de 50 membros das forças de defesa e segurança do governo estavam estacionados, mas que fugiram
Tribunal Supremo ordena libertação de alguns envolvidos na dividas
ocultas

Tribunal Supremo ordena libertação de alguns envolvidos na dividas ocultas

março 11, 2021 Afonso Muchanga
O Tribunal Supremo de Moçambique ordenou nesta quinta-feira (11 de março) a libertação de 11 dos 18 detidos nas investigações das dividas ocultas. Com a decisão, do Tribunal Supremo de Moçambique, Vão ser libertados sob caução Zulficar Ahmad, Fabião Mabunda, Manuel Matusse, Maria Moiane (secretária do ex-presidente Armando Guebuza), Sérgio Namburete e Khessaujee Pulchand . Continuam detidos sob prisão preventiva Ndambi Guebuza (filho do ex-presidente Armando Guebuza), Bruno Langa, Ângela Leão, Gregório Leão, Cipriano Mutota, Teófilo Nhangumele e António do Rosário , funcionário dos serviços de informação do Estado e administrador-delegado das três firmas públicas envolvidas no escândalo. O Supremo decidiu após recursos interpostos pela defesa. As primeiras detenções em Moçambique foram feitas há dois anos. As "dívidas ocultas" estão relacionadas com empréstimos no valor de 2,2 mil milhões de dólares (cerca de dois mil milhões de euros), contraídos entre 2013 e 2014 junto das
Três membros das FDS, mortos em emboscada dos insurgentes no distrito
de Nangade

Três membros das FDS, mortos em emboscada dos insurgentes no distrito de Nangade

março 07, 2021 Afonso Muchanga
Ataques insurgentes chegaram a cerca de 10 km da sede do distrito de Nangade, disseram fontes locais ao Informa Moz - incluindo uma emboscada em um veículo militar que viajava da sede de Nangade para a cidade de Mueda, que matou três soldados, incluindo um oficial sênior. A emboscada aconteceu na quarta-feira perto da aldeia de Litingina, ao sul de Nangade sede, como é conhecida a sede distrital. Também na quarta-feira, os insurgentes atacaram a aldeia de N'gangolo, onde mataram duas pessoas da mesma família, enquanto outro grupo foi à aldeia de Samora Machel à noite, disse uma fonte em Nangade. Essas aldeias ficam a cerca de 10 km da aldeia de Nangade, onde muitas pessoas, incluindo pessoas deslocadas das aldeias vizinhas, estão concentradas. A fonte disse que os residentes de Nangade sede vivem com medo por causa da proximidade dos insurgentes . Nangade sede fica na estrada que liga Mueda a Palma. No mês passado, as forças de defesa e segurança de Moçambique escoltaram dois com
Reprovados, os candidatos a juiz e procurador no centro formação
Jurídica e Judiciária

Reprovados, os candidatos a juiz e procurador no centro formação Jurídica e Judiciária

março 06, 2021 Afonso Muchanga
O Centro de Formação Jurídica e Judiciária ( CFJJ ) reprovou em massa os candidatos a juiz e procurador. Num total de 667 candidatos só 153 passaram para a fase seguinte. Segundo a diretora do CFJJ, Elisa Samuel, as reprovações podem estar relacionadas com a baixa qualidade das instituições do ensino superior que amestram Direito. Dos 153 apurados para cargos de juiz e procurador, num total de 667 candidatos no Centro de Formação Jurídica e Judiciária, alguns passaram para fase seguinte do concurso sem terem conseguido 10 valores, nota mínima exigida. Juíza de Direito e Directora do Centro de Formação Jurídica e Judiciária, Elisa Samuel, explica as razões. “ Por conta da situação da pandemia que o mundo e o país vivem da pandemia da COVID-19, a preparação, também, acreditamos que os candidatos tiveram, de alguma forma, dificuldades para se preparar no que diz respeito ao acesso à informação jurídica em termos de documentação ” justificou Elisa Samuel, directora do Centro de Formação J