Assine a Newsletter
Nacional
Pelo menos 25 golfinhos morrem na ilha de Bazaruto em Inhambane

Pelo menos 25 golfinhos morrem na ilha de Bazaruto em Inhambane

fevereiro 23, 2021 Afonso Muchanga
A população das proximidades da costa de Bazaruto em Inhambane começaram a enterrar dezenas de golfinhos do grupo de 25 que encalhou na terça-feira na ilha de Bazaruto, que morreram na praia depois de vários fenómenos climáticos que têm assolado a província de Inhambane, nos últimos tempos. O cenário foi descrito pela Administração Nacional das Áreas de Conservação (ANAC) que explicou que dos 32 golfinhos da espécie Stenella longirostris que chegaram à costa, 25 perderam a vida no local e sete foram socorridos pelo Parque Nacional de Bazaruto e levados de volta ao mar. Dos 25 animais mortos 11 são machos adultos e 14 são fêmeas, sendo 12 adultas, uma (1) juvenil e uma (1) cria. Acrescentou que este será o caso do género mais grave em bazaruto desde 2006, quando então um grupo de mais de 41 golfinhos da mesma espécie – que, no estado adulto, oscilam entre os dois a três metros de cumprimento – encalhou na praia de bazaruto.
Encontrados corpos desaparecidos durante naufrágio no Incomáti

Encontrados corpos desaparecidos durante naufrágio no Incomáti

fevereiro 22, 2021 Afonso Muchanga
A proteção civil moçambicana encontrou no sábado e no domingo, os corpos de militares desaparecidos durante naufrágio , na tarde de quarta-feira (17), de um barco no ponto de travessia da Maragra para Calanga, no rio Incomáti, distrito da Manhiça, província de Maputo. A embarcação virou devido ao vento e chuva forte na rota usada para auxiliar a população de Calanga, depois de a subida do rio ter submergido as vias de acesso, acrescentaram. As duas vítimas prestavam apoio à população durante as cheias no sul de Moçambique e seguiam no barco com outras duas pessoas, entretanto resgatadas com vida pela população. O rio Incomáti é um dos que transbordou no sul de Moçambique nas últimas semanas. O país atravessa a época chuvosa e ciclónica, que ocorre entre os meses de outubro e abril, com ventos oriundos do Índico e cheias com origem nas bacias hidrográficas da África Austral. Este ano milhares de pessoas já foram afetadas pelas intempéries.  
Preso em Nampula acusado de assaltar esquadra e matar polícia em
Mogovolas

Preso em Nampula acusado de assaltar esquadra e matar polícia em Mogovolas

fevereiro 22, 2021 Afonso Muchanga
Um jovem considerado foragido da Justiça foi preso na manhã desta segunda-feira (22) em Nampula, na zona norte de moçambique. De acordo com a Polícia da república de moçambique (PRM), ele é acusado de assalto numa esquadra e matar um agente da polícia no distrito de Mogovolas. O assalto a uma unidade policial no distrito de Mogovolas, em Nampula, aconteceu antes do início dos ataques terroristas na vizinha província de Cabo Delgado e o modo de operação asseMoçMmelhou-se à forma de actuação que os terroristas passaram a adoptar em Cabo Delgado. Três anos depois, a Polícia deteve este homem na cidade de Nampula quando supostamente tentaram assaltar uma residência com recurso a estes instrumentos contundentes. Feitas as diligências, apurou-se que terá sido um dos participantes do crime de Mogovolas. “ Foi o mesmo indivíduo que invadiu um comando distrital em Mogovolas e tirou a vida de um agente da PRM, mas graças à intervenção policial já está sob nossa custódia e serão feitos todos os t
Portugal reafirma interesse no combate ao terrorismo em Moçambique

Portugal reafirma interesse no combate ao terrorismo em Moçambique

fevereiro 22, 2021 Afonso Muchanga
Portugal reitera que a agenda contra o terrorismo em Moçambique vai continuar a ser um dos principais tópicos, nas relações entre os dois países. Uma outra área na qual fica a garantia do apoio português é a experiência sobre o plano de vacinação contra a COVID-19, garantia dada pela embaixadora, Maria Amélia Paiva. Quatro anos depois Maria Amélia Paiva termina a sua missão em Moçambique, como embaixadora de Portugal. Mas terminou apenas a missão de Paiva, porque as relações diplomáticas entre os dois países continuam e, na lista dos tópicos de cooperação, a luta contra o terrorismo é um dos principais aspectos. “Podemos continuar com Moçambique, certamente, a construir condições cada vez mais adequadas para uma resposta firme contra o terrorismo”, afirmou esta segunda-feira a diplomata, momentos após ter deixado os cumprimentos de despedida ao Presidente da República, Filipe Nyusi. Entretanto, “uma resposta firme contra o terrorismo” é o que Maria Amélia Paiva espera que se realize e
Prefeito influente da cidade da Beira morre de COVID-19

Prefeito influente da cidade da Beira morre de COVID-19

fevereiro 22, 2021 Afonso Muchanga
Daviz Simango, líder do partido de oposição MDM de Moçambique e presidente do conselho municipal da cidade da Beira , morreu esta segunda-feira num hospital na África do Sul, segundo a imprensa local. Simango, 57, morreu de complicações da COVID-19 e diabetes, segundo a agência de notícias Zitamar. Ele havia voado para Joanesburgo quando sua condição piorou no fim de semana. Simango foi eleito autarca da Beira, amplamente considerada a segunda cidade de Moçambique e um centro de apoio da oposição, em 2003 e manteve-se como líder até à sua morte. Ele era popular e conhecido por administrar um governo municipal eficaz. Treinado como engenheiro, ele apoiou a construção de um sistema de canais de inundação para ajudar o porto do Oceano Índico de 500.000 pessoas a lidar com as inundações de ciclones anuais. Quando o ciclone Idai devastou Beira em 2019, Simango estava frequentemente nas ruas, ajudando a estabelecer centros de alimentação e clínicas de saúde de emergência. Ele também fez camp
A União Europeia foi o principal parceiro comercial nos ultimos dez
anos em Moçambique

A União Europeia foi o principal parceiro comercial nos ultimos dez anos em Moçambique

fevereiro 21, 2021 Afonso Muchanga
( JORNAl NOTICIAS ) - Segundo estatísticas, a União Europeia ( UE ) foi o principal parceiro de Moçambique no comércio exterior, tanto em exportação quanto em importação. O fluxo das transações com a União Europeia (UE), nos últimos dez anos, coloca este bloco económico como principal parceiro comercial de Moçambique. Durante o período em causa o fluxo de exportações para a UE totalizou 14.158,06 milhões de dólares norte-americanos, o correspondente a 38 por cento do total das exportações do país. Apesar de ter sofrido uma redução global de 63 por cento, a balança comercial com a União Europeia em 2019 e 2020 foi favorável a Moçambique, com uma exportação de 504,1 e 197,3 milhõesde dólares norte-americanos, respectivamente. Os dados foram avançados ontem, em Maputo, pela Vice-Ministra da Indústria e Comércio, Lodovina Bernardo, no Webinar sobre “ Dinâmicas das Exportações para a União Europeia, mesmo em tempo de Covid-19 ” em Moçambique. Segundo ela, aincidência das exportações de Moça
Agentes funerários preocupados com óbitos por COVID-19

Agentes funerários preocupados com óbitos por COVID-19

fevereiro 21, 2021 Afonso Muchanga
(Opaís) - Corpos dos mortos por covid-19 deixa agentes funerários preocupados em Nampula. O manuseamento de corpos em plena pandemia da COVID-19 preocupa os agentes funerários em Nampula que dizem não ter protocolos claros da Saúde sobre como lidar com a situação, numa realidade em que os resultados de alguns testes saem depois de se ter realizado o enterro. A primeira morte por COVID-19 em Moçambique foi de um adolescente de 13 anos de idade, em Nampula. A confirmação de que a vítima era positiva para o novo Coronavírus só saiu dois dias depois. Ou seja, depois de se ter realizado a cerimónia fúnebre. Foi em Maio de 2020. A partir daí começou um alerta no seio dos que manuseiam os corpos, tanto nas morgues, como nas agências funerárias. Zeca Alberto é proprietário da principal agência funerária na cidade de Nampula. Em entrevista ao “O País”, ele revela falta de clareza na forma como o sector deve actuar neste período da pandemia da COVID-19. “Devíamos ter” uma orientação sobre “como
Moçambique fora do perigo do Guambe

Moçambique fora do perigo do Guambe

fevereiro 21, 2021 Afonso Muchanga
A tempestade tropical severa Guambe já não cria perigo e afastou-se do canal moçambicano, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (INAM), Moçambique já não está em perigo do Guambe. O INAM garantiu, na manhã de hoje, que o ciclone tropical “Guambe já diminuiu de intensidade e é agora uma tempestade tropical severa, encontrando-se, actualmente, fora do canal de Moçambique. De acordo com Lelo Tayob, meteorologista do INAM, a tempestade Guambe já não constitui perigo porque “segundo o centro que monitora os ciclones tropicais para a nossa região já havia projecções que de ontem para hoje o ciclone tropical “Guambe” podia evoluir para ciclone tropical intenso, mas felizmente isto não aconteceu, ele perdeu intensidade e agora é tempestade tropical severa”, disse o meteorologista. Sobre a ocorrência de um outro sistema, dentro de dias, tal como circula em redes sociais, o INAM não confirma, mas alerta que a época chuvosa ainda não terminou. No entanto, adverte que se deve aguardar por
Submetidos testes rápidos para pacientes com sintomas de COVID-19 em
Inhambane

Submetidos testes rápidos para pacientes com sintomas de COVID-19 em Inhambane

fevereiro 19, 2021 Afonso Muchanga
  Inhambane já autorizado para aplicar-se testes rápidos aos pacientes com sintomas da covid-19 Submeter-se ao teste da COVID-19 numa unidade sanitária na cidade de Inhambane pode durar menos de cinco minutos. Mas a espera pelo resultado é longa e chega a levar 10 a 15 dias, ou mais. Aliás, alguns pacientes internados só receberam a confirmação da doença depois de vários dias no leito hospitalar. E é pensando nesses casos que o Instituto Nacional de Saúde (INS) formou técnicos para fazer testes rápidos de antigénio. Segundo o director da instituição, Eduardo Samo Gudo, os testes estarão disponíveis apenas nos serviços de urgências das unidades sanitárias de referência, para pacientes com sintomas sugestivos à COVID-19, em estado grave ou moderado. Samo Gudo explicou que o objectivo é garantir celeridade na tomada de decisões clínicas, em casos de pessoas que precisem de internamento, uma vez que a disponibilização dos resultados leva apenas 15 minutos. Reconhecendo que esta solução não
Técnico de laboratório Moçambicano em Nampula preso por falsificar
testes da Covid-19

Técnico de laboratório Moçambicano em Nampula preso por falsificar testes da Covid-19

fevereiro 19, 2021 Afonso Muchanga
Um Suposto técnico de laboratório de uma clínica privada em Moçambique na província de Nampula foi preso por falsificar testes da Covid-19. O técnico de 35 anos anos emitiu certificados da covid-19 que afirmavam que o teste do COVID-19 era negativo, mesmo sem realizar o teste. Durante interrogatório feito pela PRM, o suposto falsificador dos testes da Covid-19 identificado por G. da Costa, ele confessou ter produzido os falsos testes num centro de cópias, a partir dos resultados verdadeiros que tira da clínica privada onde trabalha como técnico de laboratório e cobrava uma quantia de 3000 meticais por cada falso teste. "Neste momento já decorem todos trâmites legais para responsabilização destes indivíduos" afirmou a equipe que prendeu o falsificador de destes de coronavírus em moçambique, província de Nampula.
Portugal envia 60 formadores de forças especiais para Moçambique na
luta contra insurgência

Portugal envia 60 formadores de forças especiais para Moçambique na luta contra insurgência

fevereiro 19, 2021 Afonso Muchanga
Portugal de braços abertos no combate á insurgência no norte de moçambique, o ministro de defesa e segurança de Portugal estima enviar cerca de 60 formadores de forças especiais em abril para auxiliar Moçambique no combate ao terrorismo em cabo delgado. " O que vamos destacar são formadores para formar fuzileiros e comandos. São militares que têm essas valências, forças especiais. Acredito que seja na ordem dos 60. Ainda não está estabilizado (o número de efetivos) porque ainda há um trabalho de planeamento em curso com as autoridades moçambicanas ", afirmou João Gomes Cravinho, em entrevista à agência Lusa. " Irão, em princípio, para locais diferentes: no sul do país, perto de Maputo, e no centro, mas ainda não está inteiramente decidido ", adiantou ainda o responsável pela tutela. O ministro da Defesa de Portugal já tinha sublinhado a abertura da União Europeia (UE) em apoiar Moçambique. João Gomes Cravinho revelou também que no início de abril já "haverá con
Após naufrágio no Incomáti, desapareceram dois militares

Após naufrágio no Incomáti, desapareceram dois militares

fevereiro 18, 2021 Afonso Muchanga
Pelo menos dois (2) militares foram declaradas desaparecidos depois do naufrágio de uma embarcação, nesta quarta-feira (17), no ponto de travessia da Maragra para Calanga, no rio Incomáti, distrito da Manhiça, província de Maputo. Trata-se de agentes da Força de Defesa e Segurança que integravam a equipa técnica responsável pela avaliação das condições de travessia para o posto administrativo de Calanga, cujo acesso está cortado devido a subida do caudal do rio Incomáti, face as chuvas que caem desde semana passada. A embarcação levava, para além dos militares, outras duas pessoas, dois funcionários do governo do distrito da Manhiça pertencentes à Unidade Nacional de Protecção Costeira (UNAPROC). Os técnicos foram resgatados com vida no dia do naufrágio e embarcação foi encontrada numa das zonas baixas de Calanga. O chefe do posto administrativo de Calanga, Juvenal Sigaúque, informou que as continuam a buscas para encontras os desaparecidos. Sigaúque referiu que devido ao corte da via
Rio Maputo transborda e alaga estradas de acesso em Matutuine

Rio Maputo transborda e alaga estradas de acesso em Matutuine

fevereiro 18, 2021 Afonso Muchanga
Devido as chuvas fortes que atingem o Maputo cidade e Maputo província, o nível do rio, que corta o município, subiu nesta quarta-feira, 17, e acabou alagando as vias de acesso no distrito de Matutuine. Com isso, as estradas estão intransitáveis e alguns moradores ficaram ilhados. As inundações na bacia do rio Maputo provocaram corte nas vias de acesso aos Postos Administrativos do Distrito de Matutuíne. A delegada da Administração Nacional de estradas na província de Maputo, Rubina Normahomed, disse que a situação regista-se com maior gravidade nas estradas R406 e R408.
Dez Funcionários públicos acusados de desvio de nove milhões de
meticais na província de Tete

Dez Funcionários públicos acusados de desvio de nove milhões de meticais na província de Tete

fevereiro 18, 2021 Afonso Muchanga
Dez Funcionários públicos em novo caso de desvio de dinheiro na província de Tete nos distritos de Doa e Mutarara. Há novos casos de desvio de dinheiro na província de Tete, no centro de Moçambique. Dez chefes de Serviços Distritais de Planeamento e Infra-estrutura em processsos judiciais após desvio de nove milhões de meticais que se destinavam ao processo de pagamento de salários e bónus em atraso. Segundo a procuradora provincial-chefe em Tete, Hermínia da Barca, contou que a apropriação indevida de valores ocorreu nos Serviços de Saúde, Mulher e Ação Social; Serviços Distritais de Planeamento e Infra-estrutura e nos Serviços Distritais de Educação, Juventude e Tecnologia. Em Doa, onde sete indivíduos são arguidos no processo-crime instaurado pela Procuradoria Provincial de Tete, o prejuízo foi de seis milhões de meticais, entre 2018 e 2020. O caso foi descoberto pelos Serviços Provinciais de Economia e Finanças. Em Mutarara, com três pessoas também arguidas num processo-crime, o ro
Distritos das zonas costeiras de Sofala e Inhambane em alerta vermelho
da tempestade tropical "Guambe"

Distritos das zonas costeiras de Sofala e Inhambane em alerta vermelho da tempestade tropical "Guambe"

fevereiro 18, 2021 Afonso Muchanga
Zona Sul e Centro em alerta vermelho na mira da terceira tempestade tropical severa "Guambe" A tempestade tropical "Guambe" já entrou no canal de Moçambique e de acordo com Instituto Nacional de Meteorologia os efeitos da Tempestade Tropical Moderada “Guambe já se fazem sentir ao longo dos distritos costeiros das províncias de Sofala e Inhambane. O INAM prevê que o sistema evolua e atinja o estágio de Tempestade Tropical severa ainda hoje, por isso, recomenda a tomada de medidas de precaução e segurança, face ao risco associado a ventos fortes e chuvas intensas acompanhadas de trovoadas severas. Tempestade Guambe poderá transformar-se num ciclone, afetando a costa sul de Moçambique. Alerta coincide com outro já emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia para chuvas acima da média na província de Inhambane e Sofala. Moçambique está em plena época chuvosa e ciclónica, que ocorre entre os meses de outubro e abril, com tempestades oriundas do Índico e cheias com or
Presidente Nyusi perdoa indivíduos que o ofenderam num vídeo nas redes
sociais

Presidente Nyusi perdoa indivíduos que o ofenderam num vídeo nas redes sociais

fevereiro 16, 2021 Afonso Muchanga
O Presidente da República recebeu esta terça-feira os dois jovens que há dias proferiram palavras ofensivas contra si, através de um vídeo posto a circular nas redes sociais. Filipe Nyusi convidou os visados e anunciou perdão. No encontro, os dois indivíduos afirmaram-se arrependidos e agradeceram o gesto do Chefe do Estado, “explicando que a medida emanada no Decreto do Conselho de Ministros visa proteger a população das áreas abrangidas pelo recolher obrigatório, visto que a região do Grande Maputo apresenta um quadro preocupante” de infecções pela COVID-19. Um dos jovens, visivelmente arrependido, afirmou o seguinte: “Em primeiro lugar gostaria de agradecer o perdão do Presidente da República, e como jovem resta-me fazer a minha parte que é demonstrar que o perdão do Presidente não foi em vão, adoptando um comportamento defensivo face à pandemia da COVID-19, e apelar aos jovens e não só, a se juntarem aos esforços do Governo na luta contra esta pandemia”, lê-se numa mensagem da Pres
Moçambique expulsa o jornalista britânico Tom Bowker, proíbe-o por 10
anos

Moçambique expulsa o jornalista britânico Tom Bowker, proíbe-o por 10 anos

fevereiro 16, 2021 Afonso Muchanga
Maputo, 16 de Fevereiro de 2021 - As autoridades moçambicanas devem reverter a decisão de expulsar o jornalista Tom Bowker e permitir-lhe trabalhar livremente no país, disse hoje o Comité para a Protecção dos Jornalistas. As autoridades de imigração moçambicanas forçaram hoje Bowker, um cidadão do Reino Unido e co-fundador e editor do site privado Zitamar News , a deixar Moçambique e proibiram-no de regressar ao país durante 10 anos, após uma disputa de meses com informações do país e autoridades de imigração que alegaram que Bowker não possuía a documentação correta para trabalhar no país, de acordo com reportagens da mídia e um tweet que o jornalista postou hoje ao deixar o país. Em seu tweet, ele chamou a expulsão de "motivação política". O Zitamar News cobre assuntos ligados à economia, política e direitos humanos no país, incluindo o conflito da insurgência na província de Cabo Delgado. “A expulsão e proibição do jornalista Tom Bowker em Moçambique envia uma mensage
Escolta militar leva mantimentos para a desesperada Palma

Escolta militar leva mantimentos para a desesperada Palma

fevereiro 16, 2021 Afonso Muchanga
Os abastecimentos de mercadorias chegaram finalmente à vila de Palma, no extremo nordeste de Cabo Delgado, graças a uma escolta militar que permitiu que os veículos de mercadorias saíssem em segurança da vila de Nangade, sem serem atacados pelos insurgentes. Pelo menos 14 veículos chegaram a Palma ontem, pelo menos duas pessoas em Palma disseram ao Informa Moz . Eles haviam dirigido de Nangade pela aldeia de Pundanhar, que tem sido o local de emboscadas recentes por insurgentes. Os suprimentos vão aliviar uma situação cada vez mais desesperadora, que fez com que alguns residentes de Palma decidissem na manhã de terça-feira deixar Palma - sem escolta - para ir para Nangade em busca de comida. Vídeos compartilhados com Informa Moz mostravam o mercado de Palma vazio de comida, com clientes famintos acenando com dinheiro para comerciantes que quase não tinham para vender. Um saco de arroz de 25 kg custou MZN 6.000 ($ 80) em Palma na segunda-feira, 1 de fevereiro. O centro de saúde local ta
Cinco meninas chegam a Macomia depois de serem libertadas por
insurgentes famintos

Cinco meninas chegam a Macomia depois de serem libertadas por insurgentes famintos

fevereiro 16, 2021 Afonso Muchanga
Cinco adolescentes que estavam em cativeiro por quase três anos chegaram na semana passada à cidade de Macomia após sua libertação há duas semanas pelos insurgentes de bases localizadas na região do rio Messalo. De acordo com uma fonte da cidade de Macomia, que as meninas alcançaram após caminharem por uma semana, elas disseram que foram autorizadas a sair por rebeldes que disseram a todos os seus prisioneiros que qualquer um que quisesse voltar para casa poderia fazê-lo, pois estavam enfrentando problemas logísticos, incluindo falta de alimentos . As meninas foram encarregadas de cozinhar para os insurgentes e transportar comida pilhada de uma base para outra, disse a fonte ao Informa Moz . As raparigas contaram-lhe que foram sequestradas em diversos ataques terroristas nos distritos de Macomia e Mocímboa da Praia e que se alojaram em bases montadas debaixo de frondosas árvores nas terras baixas ou perto do rio Messalo. Outra fonte em Macomia disse ter revelado que as cabanas em que e
Técnicos sul-africanos dão reforço na remoção do combustível derramado
no rio Umbeluzi

Técnicos sul-africanos dão reforço na remoção do combustível derramado no rio Umbeluzi

fevereiro 14, 2021 Afonso Muchanga
Uma equipe de Técnicos sul-africanos dá reforço ao Ministério das Obras Públicas, na tarefa de remoção do combustível derramado no rio Umbeluzi, no distrito de Boane, província de Maputo. Na conferência de imprensa realizada numa das salas da Barragem dos Pequenos Libombos, no distrito de Boane, província de Maputo, a vice-ministra das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos, Cecília Chamutota, informou que uma equipa de especialistas sul-africanos se juntou aos moçambicanos para ajudar na remoção do combustível do rio Umbeluzi. Além de remover o combustível derramado, o plano de trabalho inclui a adição de produtos à água, de modo que se restabeleça a normalidade no leito do rio. Nesta primeira fase, os trabalhos poderão durar cerca de uma semana, a contar desde sábado, sendo que nada do que for feito irá impedir que os cidadãos do Grande Maputo (Boane, Matola, Marracuene, cidade de Maputo) tenham acesso à água potável. De acordo com Cecília Chamutota, quando o derramamento acon